Cá estou depois de um tempinho sem postar :3 Mas, como sempre, trago novidades: um post 2 em 1. Depois de muito refletir acerca do assunto, resolvi postar tutoriais das minhas denominadas engenharias de moda, também conhecidas como artimanhas, sob a categoria art attack! E, como estava rolando o projeto Inventando & Customizando, do Universo Alternativo, resolvi começar unindo as duas ideias.

Quem é que não gosta de customizar e dar um toque pessoal às suas peças? Pensando nas diversas possibilidades de customização que uma simples camiseta, um vestido usado, ou aquela saia longa da mãe que já não se usa mais podem oferecer, aqui está mais um projetinho criativo do grupo Universo Alternativo. A ideia é escolher uma peça de roupa, e transformá-la conforme nossos estilos, compartilhando ideias.” – palavras da Jaque do 4sphyxi4, idealizadora do projeto.

11703115_881227915282953_7512294583574885700_n

Sou MUITO fã de customização e DIY no geral, justamente pelo ar exclusivo e personalizado que ele passa. Inicialmente, o acabamento pode não parecer profissional (nada para se desesperar, já que o próprio nome remete ao artesanato), mas nada que a prática não acabe melhorando esse aspecto; assim como praticar pode abrir novos horizontes e te mostrar técnicas e engenharias efetivamente, pensar no que pode dar certo ou não, e não sair art attackando com qualquer material e depois reclamar que não deu certo – a questão dos materiais é importante.

O post vai ficar um pouco comprido, mas está super bem detalhado e justificado. Parece difícil, mas não é – não que seja fácil, é um pouco trabalhoso. Quando bem feito, o resultado fica muito bom 🙂

Vamos lá: a peça é uma camiseta com as mangas tatuadas – o nível é intermediário/avançado, e requer certas noções de costura, mas mostro alternativas equivalentes para isso.

Materiais necessários:

Uma camiseta  tule de malha na cor da sua pele enfeite para o acabamento do tule de malha linha (na cor da camiseta, na cor do tule de malha e na cor do enfeite) tinta acrílica para tela (usei da Acrilex desenho ou stencil desejado para a tatuagem pincéis agulha alfinetes tesoura para tecido giz para tecido ou lápis descosturador ou tesourinha máquina de costura (pode ser reta, e até dá para costurar na mão) molde de mangas (opcional) papelão, divisórias de plástico (e fichário) ou acetato (para não manchar o local de trabalho com tinta) fita crepe fita métrica/régua régua de quadril/costureira

Por que tule de malha?” Porque as camisetas são feitas de malha, assim, é o material mais parecido. Juntar um tecido plano com uma malha não é recomendado, porque um estica e o outro não. Desta maneira, com o tempo, um acaba deformando mais que o outro, e a peça fica com o caimento estranho.

Tinta para tecido não funciona? Por que tem que ser acrílica e para tela? Só acrílica não serve?” Porque as tintas para tecido, no geral, são feitas para tecidos de algodão, e tule de malha é sintético. Logo, a tinta não vai pegar muito bem porque o material não é apropriado. Nas pesquisas e testes que fiz, a melhor até então foi essa, até porque o material utilizado na confecção de telas de pintura não é exatamente algodão puro. E tinta acrílica não é indicada para pintura em tecidos. O que acontece, tanto na tinta para tecido como na tinta acrílica, é que não colore bem no tecido, e sai rápido. A que fica melhor (mas que mesmo assim precisa de duas camadas, dependendo do desenho) é a acrílica para tela. Lembrando que isso é uma engenharia de moda, não é feito sob processos industriais.

Não posso cortar papel e tecido com a mesma tesoura?” Poder, pode, porque a tesoura é sua e você faz o que quiser. Mas não é indicado, porque conforme o tempo, a tesoura vai gastando o fio, e o tecido e o papel apresentam texturas diferentes.

Por que giz para tecido?” Porque é o material mais indicado, não mancha, é lavável e “some” do tecido rapidamente. Canetas, marcadores e afins podem manchar o trabalho. Na falta do giz, um lápis assume bem a função.

Por que fita crepe?” É o melhor material para grudar itens em art attacks da vida, sem que fique com vestígios de cola. Fita adesiva acaba grudando DEMAIS ou deixando cola.

 

1. Vire a camiseta do avesso, e, com a tesourinha ou descosturador, tire as costuras que ligam as mangas à camiseta. Separe as mangas.

(Clica nas fotos que elas aumentam :D)

Passo 1

Camiseta e tule de malha – tule de malha na cor da pele – descosturando com descosturador ou tesourinha – camiseta sem as mangas

2. Pegue o tule de malha e desenhe as mangas da altura desejada, um molde pode ajudar. Lembre-se que a intenção é parecer tatuagem, então eu fiz minha manga até antes do cotovelo. Se não tiver um molde, pode usar as próprias mangas da camiseta – é só descosturá-las e marcar no tule, com o giz ou lápis. É um passo importante, qualquer pedaço de tecido que não pareça uma manga não vai dar um bom caimento para a peça. Atenção para não confundir a direita com a esquerda. Não tem problema de avesso e direito (mas tente usar o mesmo lado do tecido). Não se esqueça de deixar margem para costura (1cm já é um bom tamanho). Corte (tente não “picotar” o tecido) e separe.

Passo 2

Molde de uma manga inteira – tule cortado com margem (um pouco torto, porém não picotado)

3. Pegue o papelão para usar como apoio na pintura das mangas. Posicione o tule em cima, e prenda com fita crepe. Se for usar stencil, posicione por cima do tule e prenda com fita crepe; se for desenho, posicione entre o apoio e o tule. É importante que fique bem preso, sem ficar esticando ou deformando o tecido. Atenção também para a frente e costas da manga, e qual é direita e esquerda, e qual desenho você vai querer em qual braço. E também deixe bem centralizado, para facilitar o processo. É uma das partes que mais demanda atenção. Para facilitar, faça alguma marca com giz ou com alfinete na manga, para diferenciar direita de esquerda, frente e costas, o que fique melhor para você não se perder.

Por que tem que ser papelão?” Porque a tinta vai ser absorvida, evitando que borre no tecido. Na falta dele, pode usar uma superfície plástica (as divisórias de fichário ou acetato) com algum papel por cima (justamente para absorver a tinta); mas ao terminar, tem que tirar imediatamente para a tinta não secar e grudar no papel.

Eu escolhi o símbolo de Leão (astrologia) no braço esquerdo, e um freehand de galhos com espinhos fechando o braço direito. Inicialmente, eu queria o símbolo de Leão no braço direito, porém não ficaria tão bom. Quis fazer um desenho localizado, e um fechado.

Passo 3

Materiais: desenhos, papelão, tinta, pincéis (usei um de delineador também), fita crepe – manga posicionada para pintura

4. Agora, pinte o desenho. Cuidado com a dosagem de tinta, pode deixar “manchado” (vamos lembrar que a ideia é um tecido transparente, e o foco é justamente o desenho). Assim que terminar, com cuidado, retire do papelão e coloque secando em uma superfície plástica, sem mexer. Como comentei anteriormente, a tinta pode borrar no plástico, e grudar no papel. Se necessário, volte para uma segunda mão de tinta (precisei dessa segunda mão no símbolo de Leão). Se for fazer um desenho para fechar o braço, não esqueça de desenhar até um pouco nas bordas, para não ficar espaços em branco.

Talvez fique um pouco de tinta grudada na trama do tule, é inevitável. Todo esse processo é para evitar ao máximo. E se grudar um pouco no papel também não tem problema, vamos lembrar que é um processo artesanal. Com um pouco de paciência e um alfinete dá para tirar o que fica grudado na trama.

Passo 4

Desenho pintado (com papel de referência por baixo) – tule desenhado sendo retirado – manga direita com desenho fechado

5. Esta é uma etapa opcional, hora de acinturar a camiseta. Se a sua já for acinturada ou da modelagem que você goste, pode pular esta etapa. Vista a camiseta do avesso no corpo e, com alfinetes, marque onde a nova costura deve ser passada. Nota: não estique a peça para isso, se for uma camiseta “normal”; a não ser que tenha um pouco de elastano (ou seja, aquelas que ficam mais justas e modeladas no corpo). Para facilitar, risque com uma régua de quadril/costureira (é mais preciso, mas se você não tiver, pode usar uma régua e ir traçando aos poucos a curva), use a fita métrica (ou régua) para comparar as medidas  e alinhave.

Essa camiseta era tamanho M, com modelagem grande, e eu particularmente prefiro roupas mais modeladas ao corpo.

Passo 5

Camiseta com alfinetes – já traçada e alinhavada

6. Ainda com a peça do avesso, pegue as mangas (certifique que elas estejam secas! Eu gosto de deixá-las secando da maneira overnight), prenda-as apenas na cava, deixando aproximadamente 1 cm de margem, com alfinetes, e alinhave (depois de alinhavar, pode tirar os alfinetes). Fica mais fácil quando for costurar. De novo: atenção para frente, costas, direito e esquerdo! Costure usando a linha da cor da camiseta. Depois, tire o alinhavo.

O certo seria usar uma máquina overlock, assim já faz o acabamento; mas na falta dela, uma máquina reta resolve o problema também. Dá para tentar costurar à mão, se você não tiver uma máquina. Pode fazer o acabamento com o ponto zigue-zague, ou não fazer. Neste caso, a malha e o tule não desfiam (apenas enrolam).

Passo 6

Manga presa na cava por alfinetes e alinhavada – máquina de costura reta com linha da cor da camiseta – costura reta sobre o alinhavo

7. Agora, ainda do avesso, feche a manga com uma linha da cor da pele, e deixe ajustada para o tamanho do seu braço. A ideia é que fique rente, nem larga, nem justa (justo vai repuxar e o desenho vai ficar repuxado). Costure essa reta e corte o que sobrar. Depois, prenda o enfeite na barra da manga, para que não enrole. Costure também a parte acinturada da camiseta, tire o alinhavo, e corte o que sobrou, deixando de 1 a 2 cm de margem (o ideal aqui também seria passar no overlock, mas só de passar na reta + zigue zague ou só de deixar sem acabamento também funciona).

Eu escolhi um enfeite que parecesse um bracelete ou até mesmo um outro desenho. Uma faixa de tecido preto, por exemplo, também funciona.

Passo 7

Manga do avesso, costurada, com enfeite costurado na borda, sem corte

AND YOU’RE DONE! 😀

Fiz essa blusa em um final de semana, o anterior ao meu aniversário (que foi dia 17, segunda), justamente porque essa foi a peça escolhida para o meu dia <3. Ainda não consegui tirar fotos no estilo lookbook, assim que conseguir, eu atualizo aqui 😉

Antes x depois

A camiseta utilizada é da Reckless INC.

Espero que tenham gostado 😀 Gostaria de ver o resultado de quem tentar seguir esse tutorial 🙂 E, se for reproduzir em algum lugar, por favor, não esqueça dos créditos 🙂

Blogs participantes do projeto (tem muitas criações bacanas também!): Relíquias da Lara | Inexplicited | Luddzilla | Eccentric Beauty | Medora & The Ensemble of Roses | Quantos Contos Vale Esse Blog? | Achados de Luna | Blood, Bats and Bones | Dias de Cheshire | This Is My World

 

bcrown

Facebooktwittergoogle_plusmail
Facebooktwittergoogle_plusrssyoutubeinstagrammail

9 Comentários

  1. Caramba, modificou totalmente a peça!
    E apesar de tudo, não ficou difícil não, viu?
    Gostei bastante do efeito, vale tentar com uma manga longa né?
    Quero ver mais desse art attack ainda!
    Beijos linda <3
    4sphyxi4.blogspot.com.br

    • Oi, Jaque! 😀
      Fico feliz que não tenha ficado difícil, tentei ser o mais didática possível 🙂
      E siiiiiiiim! Inicialmente, a ideia era uma manga longa (com punhos com spikes), poréeeeem aqui nesta cidade não faz tanto frio pra fazer uma blusa assim (até dá, mas eu usaria muito pouco).
      Pode deixar que vai ter mais! 😉
      Beijão! <3

  2. Wow! Caramba Bah, você tem talento viu menina? 😀
    A camiseta ficou totalmente diferente e muito mais bonita!
    Adorei :3

    beijos
    Relíquias da Lara

  3. Que ideia boa! Ficou muito legal! Isso de manga comprida com o braço “fechado” ia ficar irado demais! Parabéns pelo projeto, muito bem explicadinho.

  4. Gente que ideia massa! Adorei!! =D
    Abre um leque imenso de possibilidades de customização!

  5. A blusa ficou bem legal!
    Mudou totalmente a cara dela.
    Adorei a customização ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Just an anti-spam :D *